Percurso da História - Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto

Procurar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Instituição

 P E R C U R S O  d a  H I S T Ó R I A

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


A Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto foi fundada por um grupo de trinta comerciantes em 1920, tomando a designação de Associação Comercial de Fafe e tendo por área de abrangência o sector do comércio do concelho de Fafe. Muitas foram as transformações que se verificaram ao longo de mais de nove décadas de existência.
...
Apesar de constituída em 1920, a Direcção só começa a reunir assiduamente após o arrendamento de um espaço para a sede social, inaugurado oficialmente a 15 de Agosto de 1926 e que se localizava na Praça da República, actual Praça 25 de Abril, mantendo-se aí até aos nossos dias.
...
Desde a sua fundação que a Associação desejava integrar na sua estrutura, para além do comércio, a indústria. No entanto, esse objectivo não foi concretizável por imposição legal, sendo alcançado em 1931, passando dessa forma a designar-se Associação Comercial e Industrial de Fafe.
...
Por imposição do Estado Novo, em 1940, passou a denominar-se Grémio do Comércio de Fafe, sendo a filiação dos comerciantes obrigatória. Desta forma, a nova corporação profissional reestruturou a sua organização face ao novo contexto político, social e económico do país.
...
Em 1943, pelos bons serviços prestados ao comércio e à população em geral e pela excelente colaboração com a Comissão Reguladora, alarga a sua área de abrangência aos concelhos de Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto, assumindo-se assim como a principal estrutura representativa das actividades económicas da região.
...
Após a restauração da liberdade e com a extinção dos grémios, em 1975 retoma a sua designação original. No âmbito desta nova realidade, esta entidade assume uma nova dinâmica, alcançando um elevado prestígio junto dos comerciantes e industriais, o que conduziu à integração do sector industrial na sua estrutura em 1990.

Neste mesmo ano (1990), a Associação inicia a organização regular das Festas do Concelho de Fafe, em honra de Nossa Senhora de Antime.
...
Em 1993, são inauguradas as instalações adquiridas na Rua João XXIII, destinadas a desenvolver acções de formação profissional e a implementar novos serviços para os associados.
...
Como momento marcante na história desta instituição, destaca-se a comemoração das Bodas de Diamante assinaladas com a atribuição da Medalha de Ouro de Mérito Concelhio pelo Município de Fafe e da Medalha de Prata de Mérito Concelhio pelo Município de Cabeceiras de Basto, em 1995, como reconhecimento pelos serviços prestados ao concelho e aos munícipes.

Cinco anos mais tarde, como reconhecimento pelos relevantes serviços presta-dos ao comércio e indústria do concelho de Celorico de Basto, a Câmara Municipal deste município atribuiu a Medalha de Honra, grau ouro.
...
Pela notoriedade adquirida com toda a actividade desenvolvida em prol dos empresários e da região, foi atribuído a esta instituição o estatuto de Pessoa Colectiva de Utilidade Pública em 1996, pela Presidência do Conselho de Ministros.
...
Desenvolvendo uma política de proximidade com os associados de Basto, inaugura a primeira delegação em Cabeceiras de Basto em 1998 e em 2000 a delegação de Celorico de Basto e a delegação de  Arco de Baúlhe.
...
2000 foi um ano marcante para a instituição com a comemoração do octogésimo aniversário. As solenidades foram abertas por Sua Exa. o Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, que contaram também, entre outras individualidades, com a presença doSenhor Secretário de Estado do Comércio, Dr. Osvaldo Castro, que procedeu à inauguração do Monumento ao Empresário desta Associação.
...
Como conquistas da última década e dando resposta ao aumento exponencial da oferta formativa, evidencia-se: a criação da Escola Profissional de Fafe em 2000; a abertura do Centro Novas Oportunidades em 2006; a abertura de 2 pólos da Escola Profissional em 2007, um em Fafe e outro em Cabeceiras de Basto; a abertura do Centro de Formação na Zona Industrial do Socorro em 2009. Em 2010, atinge-se o maior volume de formação registado até então, para o qual muito contribuíram os 18 cursos EFA realizados no âmbito da candidatura integrada de formação da Confederação de Comércio e Serviços de Portugal (CCP), que culminou numa mostra formativa de enorme dimensão.
...
Com a inauguração da nova sede social em Julho de 2011, concretiza-se uma velha ambição de adquirir um espaço que corresponda às necessidades dos serviços prestados e exigências dos associados, e que dignifique a história da instituição.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal